10 entradas para ter a casa a mais bonita da vizinhança

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

10 entradas para ter a casa a mais bonita da vizinhança

Sílvia Cardoso—homify Sílvia Cardoso—homify
 Houses by Saez Sanchez. Arquitectos, Modern
Loading admin actions …

O acesso à nossa casa é a peça-chave no desenho da fachada já que se trata de um vínculo com o interior que jamais passará despercebido. Por esta razão, é de suma importância dedicar tempo ao seu desenho. Encare a entrada como sendo o seu cartão de visita. Não o quer, com certeza, descuidado. 

Os materiais, a cor e a forma são alguns dos factores que entram em jogo na hora de pensar como será a entrada, pelo que deve centrar a sua atenção nestes aspectos. Não deixe, também, de considerar a relação da casa com o ambiente em que se insere. 

Neste livro de ideias, mostrar-lhe-emos dez entradas que achámos particularmente bonitas. Veja-as com atenção e, se gostar, não deixe de reproduzir em sua casa. 

1. Jogar com a simetria e as texturas

Jogar com a simetria de uma construção e com cada peça que a compõe resulta numa ruptura em relação às formas habituais, criando-se, assim, portas e janelas que, para além de distintas, podem ser também deveras funcionais. É o caso desta imagem que nos mostra uma casa que brinca com avanços e recuos, linhas horizontais e diagonais e volumes dinâmicos. Ainda assim, não nos devemos esquecer que esta área deve ser convidativa pelo que é essencial garantir que o acesso se faz de forma funcional e segura. Repare, ainda, no canteiro colorido disposto sobre uma cama de pedra a dar as boas-vindas a quem aqui chega. 

2. Estilo minimalista que rouba todos os olhares

O estilo minimalista, quando surge explorado com todo o seu potencial, não passa despercebido. Esta linguagem estética aborda a simplicidade como nenhuma outra e traz-nos uma sofisticação desarmante que nos leva à vanguarda.

Cabe mencionar que para o estilo minimalista sobressair em todo o seu esplendor, deve-se cuidar de todos os detalhes que a ele estão inerentes. Repare nos pormenores da imagem. O relvado aparado faz um xadrez no chão, os grandes blocos de pedra tornam o caminho até à entrada mais funcional, a fileira de flores surge enquanto elemento fresco e suave neste conjunto de linhas sóbrias e a pérgola cria um maravilhoso jogo de sombras. 

3. Sobriedade e modernidade

Uma moradia com estilo moderno também pode reflectir laivos rústicos encantadores. Se é um amante do tradicional, mas mora na cidade e não quer que a sua casa se veja fora do vernáculo que define a urbe, procure um estilo arquitectónico moderna que inclua rusticidade, mas de maneira mais sóbria. O resultado? Uma casa mais interessante, criativa e refinada. 

4. Amor pelo natural: uma entrada encantadora

A entrada que vemos da imagem vai ao encontro de um estilo mais rústico e tradicional. A cobertura revestida por telhas cerâmicas resguardam-na e o acesso faz-se por via de escadas de pedra. E que melhor do que a madeira e o vidro para combinar com a pedra? Assim é a porta de entrada desta moradia. Contudo, sugerimos que considere portas de vidro apenas se a casa se situar num terreno resguardado em relação ao exterior e/ou rua principal. 

5. Volumes e revestimentos que chamam a atenção

A complexidade anda, não raras as vezes, de mãos dadas com a simplicidade. A arquitectura, mesmo que singela, pode ganhar novos contornos por via da adição de texturas que tornem as superfícies mais relevantes e sedutoras. O acesso à casa que vemos na imagem mostra-nos precisamente isso. Sob o volume num tom castanho avermelhado, surge uma entrada revestida por tijolos que criam um contraste com a parte superior do edifício. Uma composição simples, mas que chama a atenção. Não lhe parece? A rematar o conjunto, não podíamos deixar de realçar o caminho em pedra ladeado pelo relvado bem tratado.

6. Dar profundidade à entrada

Outro recurso para um acesso com mais originalidade é emprestar profundidade à sua casa, criando maior horizontalidade, imponência, amplitude e drama. Faça uso de relevos e de texturas distintas criando um jardim dianteiro e prolongando-o, se puder, para uma área para o carro.

7. Singularidade com escadas

Se conta com desníveis em sua casa, não os despreze. Pelo contrário, tire deles proveito através de escadas que criem dinamismo. Para as realçar, não se esqueça de criar um bom projecto de luminotecnia. Inspire-se na fotografia que lhe deixamos, cortesia do gabinete Saez Sanchez Arquitectos.

8. Resguarde a privacidade ao máximo

A necessidade de conservar a privacidade ao mesmo tempo que se resguarda a casa de olhares indiscretos faz com que existam cada vez mais edifícios com uma frente sólida e impressionante. Normalmente, estas casas abrem-se para as traseiras para compensar a falta de janelas na frente. 

9. O tamanho da entrada

Temos-lhe mostrado entradas que não são pequenas. Para lhe deixarmos outra opção, deixamos-lhe agora o exemplo de uma porta mais pequena, mas igualmente bonita e funcional. É uma opção perfeita se não tem muito espaço à frente ou se vive numa zona onde o vento é forte. 

10. Originalidade visual

Despedimo-nos deste artigo com uma opção que leva a originalidade a outro nível. O betão aparente, a forma geométrica da estrutura e a calidez da madeira criam uma entrada deslumbrante que sobressai, designadamente, pelo jogo de sombras da pérgola.

 Houses by Casas inHAUS, Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!