Tire Todas as Suas Dúvidas Sobre Laje Nervurada | Laje Nervurada: Vantagens, Desvantagens, Tipos e Onde Usar

Janaina Regina Baade Janaina Regina Baade
Escritório matriz do Peixe Urbano em Florianópolis., JBENARQ JBENARQ Office buildings Glass Grey
Loading admin actions …

A laje é uma dos itens principais de uma obra planejada pela engenharia civil. Feita em concreto, a laje é a estrutura responsável por dar suporte para a edificação, funcionando como contra piso para os andares superiores e como teto para os andares abaixo.

No momento de pensar na obra, os arquitetos possuem diversas alternativas de tipos de laje para escolher.

Uma das opções muito utilizada é a laje nervurada. Você já ouviu falar neste tipo de laje? Se a resposta for “não”, isso vai mudar hoje mesmo. Preparamos este livro de ideia explicando tudo o que você deveria saber e tirando todas as suas dúvidas sobre laje nervurada, listando vantagens, desvantagens, tipos e recomendações de onde usar. Depois de conhecer, talvez você até queira aplicar esta laje super “diferentona” em sua casa!

O que é a laje nervurada?

O nome é bem estranho e, se você não for da área da arquitetura ou da engenharia civil, provavelmente nunca ouviu falar em “laje nervurada”.

A laje nervurada nada mais é do que uma laje de concreto construída com nervuras (por isso o nome) que se ligam entre si com a ajuda de uma capa. O aspecto é uma laje com aspecto de xadrez, com pequenos quadrados e linhas que se cruzam formando grandes vãos abertos.

Quando usar a laje nervurada?

Esse tipo de laje é mais utilizado em obras com grandes vãos e pé direito alto. Alguns exemplos comuns em que encontramos a laje nervurada são museus, estacionamentos, galpões, rodoviárias. Mas, como os exemplos deste livro de ideias demonstra, a laje nervurada também é perfeita para ser utilizada em também obras “comuns”, residenciais ou comerciais, sem grandes estruturas. Nesse caso, a laje nervurada criará um ambiente moderno, que também combina muito com decorações em estilo industrial e contemporânea.

Laje nervurada: Vantagens

A laje nervurada vem ganhando espaço nas construções por conta de suas vantagens. Os principais diferenciais desse tipo de estrutura são:

  • Por conta das nervuras, necessita de menos concreto para ser construída;
  • É mais barata de ser feita por conta da necessidade de menos materiais no momento da construção;
  • É mais leve que uma laje “normal”;
  • Permite um melhor aproveitamento do espaço já que possibilita a criação de grandes vãos entre as vigas.
  • Dispensa o acabamento de forro;
  • Permite uma decoração diferenciada;
  • O modelo feito com poliestireno expandido (EPS) tem ótimo isolamento térmico e acústico.

Laje nervurada: Desvantagens

Apesar das várias vantagens, existem algumas desvantagens em se instalar uma laje nervurada. As principais desvantagens são:

  • É necessário contratar profissionais e mão de obra especializada para instalar a laje nervurada;
  • Necessidade de adequação do projeto arquitetônico já que alguns itens, como a parte elétrica e hidráulica, irão precisar de instalações diferenciadas;
  • A laje nervurada irá deixar o pé direito da construção mais alto. Muitas vezes isso é uma vantagem, mas pode ser um empecilho e um limitante arquitetônico para algumas obras.

Laje maciça x Laje nervurada

A laje maciça (utilizada na imagem de exemplo) é a mais usada aqui no Brasil. Porém, a laje nervurada vem ganhando espaço nas construções.

As principais diferenças entre essas duas estruturas estão na quantidade de concreto utilizado e, consequentemente, no valor e no peso da construção.

A laje nervurada é mais econômica, pois utiliza menos concreto para ser construída. Porém, a laje maciça possui maior resistência a trincas e fissuras, além de ser mais versátil por possibilitar projetos arquitetônicos com desenhos planificados, mas também tridimensionais e fluídos.

Laje cogumelo em estrutura nervurada

A estrutura em estilo “cogumelo” é a mais utilizada em lajes nervuradas, porém, também pode ser utilizada em lajes lisas. A laje estruturada em cogumelo elimina a necessidade de vigas.

Esse tipo de laje possui áreas maciças de concreto que funcionam como apoio para os pilares (Daí vem o nome, já que os pilares com a estrutura maciça ficam parecendo grandes “cogumelos”). A laje cogumelo garante áreas de sustentação na estrutura que podem variar em mais maciça onde o esforço precisa ser maior e nervurada onde o esforço pode ser menor.

Tipos de laje nervurada – Estrutura

As lajes nervuradas podem ser de dois diferentes tipos quando falamos em estrutura e forma de instalação/montagem: Laje treliçada, que já é pré-moldada, e laje nervurada feita com formas, que é moldada diretamente na obra. Explicamos a diferença de cada uma delas:

Laje treliçada—pré-moldada

A laje nervurada treliçada utiliza painéis treliçados pré-fabricados que são preenchidos com a concretagem de poliestireno expandido (EPS).

Laje nervurada com formas—moldada na obra

Já a laje feita com formas é moldada diretamente na obra e utiliza moldes plásticos (ou cubetas) para estruturar a laje. Este é o tipo mais utilizado de laje nervurada.

Tipos de laje nervurada – Distribuição de esforços

Esse tipo de laje também pode ser diferenciado conforme é feita a distribuição de esforços. A laje nervurada pode ser de dois tipos nesse quesito: bidirecional e unidirecional. A principal diferença entre esses tipos são:

  • Laje nervurada bidirecional: A laje nervurada bidirecional tem um formato mais quadrado. Por isso, a distribuição de esforços acontece de maneira  bidirecional.
  • Laje nervurada unidirecional: Geralmente, este tipo de laje nervurada utiliza a estrutura treliçada na construção. Por conta disso, o esforço é distribuído de forma unidirecional.


O que levar em conta na hora de escolher o tipo?

Ao escolher a estrutura da laje nervurada, a laje treliçada é a mais indicada para construções baixas, com poucos andares e que tenham até 5 metros de altura. Já a laje feita com formas é mais recomendada para construções altas, isso por ser mais resistente à pressão feita horizontalmente.

Já quanto aos esforços, a laje nervurada bidirecional é mais utilizada em estruturas que precisam de vãos maiores, como edifícios altos e com mais pavimentos. Além disso, é mais indicada para projetos com plantas mais “quadradas”.

A laje nervurada unidirecional é mais usada em edifícios menores e com plantas mais retangulares.

Depois de decidir qual tipo de laje utilizar, você já pode conferir nosso livro de ideias com 14 inspirações de terraços modernos para fazer na sua laje ou varanda

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!