Saiba Tudo sobre Quadros Elétricos: o que São, Tipos e mais Informações

Ida Gaspar—homify Ida Gaspar—homify
AJFA - Assistência Técnica Elétrica e Eletromecânica
Loading admin actions …

Pretende fazer a instalação elétrica da sua casa ou modificá-la? Procura informações sobre o funcionamento da rede elétrica doméstica?

De facto, o quadro elétrico é essencial para o bom funcionamento de uma instalação elétrica, pois todos os apartamentos ou moradias devem estar equipados com quadros elétricos. Nalguns casos, o quadro elétrico doméstico pode estar localizado fora de casa.

O quadro elétrico de uma habitação tem como função concentrar no mesmo local as proteções e os comandos dos diversos circuitos elétricos necessários a uma residência: circuito de tomadas, aquecimento elétrico, eletrodomésticos, etc.

Neste artigo, a homify pretende fornecer-lhe todas as informações essenciais sobre o quadro eléctrico: funções, diferentes tipos disponíveis, elementos que o compõem, como montar um quadro elétrico residencial, quadro elétrico preço, entre outras questões. Desta forma, ficará a saber como funciona o quadro elétrico de uma habitação. Não perca!

1. O que é um quadro elétrico?

O quadro elétrico é o ponto central onde é recebida a eletricidade externa para distribuí-la em todos os circuitos elétricos da casa. Sem ele, não há eletricidade em casa. A caixa elétrica é, geralmente, colocada num armário, uma cave, uma garagem ou qualquer outro espaço que é acessível a partir da casa. Também é possível deixá-lo à vista, apesar de não ser algo de muito design.

Hoje em dia, é muito comum o quadro elétrico estar embutido na parede, que além de ser mais estético, também é mais seguro.

Estes dispositivos agrupam, geralmente, vários dos elementos, chamados de disjuntores. Estes conferem aos circuitos e cargas específicas proteção contra curto-circuitos.

2. A alimentação de um painel elétrico

A menos que seja equipado de um sistema autónomo, a rede elétrica doméstica é fornecida pela empresa a contratar, pois hoje em dia tem mais do que uma empresa no mercado, ao contrário de há uns anos atrás em que não havia concorrência.

Assim, a alimentação geral vem da rede pública de distribuição. A instalação inclui primeiro um medidor de eletricidade. Em seguida, vem um disjuntor geral que é conectado ao painel principal. O disjuntor de conexão corta a alimentação do painel e, portanto, de toda a casa. Isso é essencial para desligar o painel elétrico em caso de emergência ou durante um trabalho elétrico. Diferentes circuitos elétricos são então ligados ao painel para o alimentar.

3. Quais são as principais diferenças entre esquema quadro elétrico monofásico e trifásica?

Existem quadros de diferentes esquemas, que dependem das necessidades e das finalidades. Por exemplo o esquema quadro elétrico monofásico não poderá ser usado numa moradia de grandes dimensões e com diferentes utilizadores.

Umas das principais razões de usar tensão trifásica é o ganho de potência elétrica. A potência elétrica num sistema que trabalha com tensão trifásica é três vezes maior do que se este mesmo sistema trabalhasse com tensão monofásica, ou seja, P (tensão trifásica) = 3 x P (tensão monofásica).

De modo geral, as residências são alimentadas com tensão monofásica e as indústrias com tensão trifásica. 

3. Por que deve identificar cada circuito num quadro elétrico?

Ora bem, é no quadro de distribuição que se dividem todas as cargas elétricas, isto é, é onde se decide quanto cada fio pode suportar, tal como a tomada da cozinha, os diferentes aparelhos elétricos, ´frigorífico, microondas, etc., sem colocar em perigo a segurança da instalação.

Por isso, é importante que o quadro elétrico tenha sinalização para cada circuito, não só porque facilita a manutenção, como também diminui o risco de sobrecargas e evita possíveis transtornos, se tiver que desligar algum circuito em particular.

Será que deve mudar o quadro elétrico da sua casa?

Na verdade, a maioria dos nossos leitores irão pensar que só devemos comprar um quadro elétrico novo quando estamos a construir ou a remodelar uma casa. Mas não é bem assim!

Porquê? Pela simples razão que os quadros elétricos antigos podem ser perigosos e podem causar incêndios, superaquecimento e choques elétricos. Além disso, também, podem queimar um fusível, derreter fios elétricos, fazer piscar as luzes ou até mesmo danificar alguns dispositivos eletrónicos.

Existem três situações principais que o leva a mudar de quadro elétrico:

  • está a consumir muita energia;
  • acrescenta equipamentos em sua casa;
  • a sua casa tem mais de 40 anos.

Além desses três casos, há outras situações que o podem deixar alertado, nomeadamente se as lâmpadas fundem rápido e regularmente; se ouve sons estranhos do quadro elétrico ou se vir ferrugem no quadro elétrico.

Qual é o material das caixas dos quadros elétricos?

Uma vez que estamos a falar de um quadro elétrico, ou seja, que distribui a eletricidade pela casa toda é importante procurar um material de qualidade e que sobretudo não seja condutor de energia. De facto, um quadro de distribuição de baixa qualidade pode aquecer em caso de sobrecarga ou criar um curto circuito.

As novas caixas de força empregam materiais que não propagam chamas, tal como plásticos de engenharia.

O que ter em conta na hora de comprar um quadro elétrico?

É importante verificar se o quadro elétrico que tenciona comprar se enquadra dentro das especificações da norma, além de que deve responder ao projeto elétrico que está a desenvolver.

Neste tipo de compras, não nos devemos deixar seduzir apenas pelo preço, porque este pode não corresponder às especificações técnicas da instalação elétrica do espaço.

Para ajudá-lo nesta decisão, pode procurar online e comparar com calma os diferentes produtos que estão dentro das especificações.

Depois, pode deslocar-se a uma loja e perguntar a opinião entre um e outro quadro elétrico ao colaborador de loja.

Em termos técnicos o disjuntor principal, no quadro elétrico, identifica a capacidade da amperagem e, portanto, limita a quantidade de eletricidade que flui por ele.

A energia é então transportada através dos disjuntores para os circuitos. Além disso, determine a capacidade de amperagem da casa antes de escolher um quadro elétrico. Por exemplo, se na sua casa usar 150 amperes de eletricidade, deve ser capaz de lidar com pelo menos 150 amperes, idealmente mais.

A eletricidade entra em sua casa por meio de fios elétricos conectados ao painel elétrico.

Para que servem os estabilizadores de corrente para quadro elétrico?

As avarias nas linhas, os fenómenos atmosféricos, as permanentes variações de carga e os distúrbios gerados pelos consumidores, podem não permitir uma tensão constante que se encontre dentro da margem de tolerância prevista pelos contratos de fornecimento. Geralmente, essa tolerância é insuficiente para os aparelhos mais sensíveis. Noutros casos, a tensão de rede alcança níveis que superam o valor nominal previsto em 15, 20 e até 30%. 

Assim, os estabilizadores de corrente para quadro elétrico acabam por ser uma solução fiável e económica, de modo a evitar os prejuízos causados pelas flutuações de tensão. Um investimento interessante já que pode baixar, de forma significativa os custos e aumentar a produtividade.

Por fim, mas não menos importante, ressalvamos o facto da eletricidade ser muito importante, porque proporciona, de facto, o conforto nas habitações habilitando o funcionamento

de vários equipamentos. No entanto, também é muito perigosa. Quando uma instalação elétrica

não está bem dimensionada ou um equipamento não está bem protegido abrimos caminho

à ocorrência de um acidente, que pode destruir o equipamento ou originar um incêndio. Por isso, não vale a pena aventurar-se neste campo e como se diz não brinque com o fogo, vale mais contratar um profissional especializado, nomeadamente um eletricista, que tratará da montagem, tendo em conta as normas atuais e fará a verificação, para deixar toda a eletricidade impecável em sua casa.

Claro que, a contratação profissional pode encarecer os custos, mas é o preço a pagar pela sua casa e respetiva segurança.

Onde encontrar um profissional?

Um eletricista, mas também uma empresa de empreiteiros ou de construção saberá resolver esta questão do quadro elétrico.

Não hesite em solicitar um orçamento a dois ou três profissionais registados na homify, para saber o preço do quadro elétrico.

Para tal, pode clicar no separador profissionais, em cima, e filtre a sua pesquisa por categoria profissional e área de residência.

Mantenha-se connosco e leia, também, este artigo:

Como isolar termicamente o sótão para poupar energia e ter mais conforto?

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!