25 inspirações para ter paredes coloridas em casa | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3648:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

25 inspirações para ter paredes coloridas em casa

modern  by Casa de Valentina, Modern
Loading admin actions …

Há alguns anos, a tendência eram ambientes complementamente neutros, com variações de tons de bege—as cores mel, palha e camurça eram campeãs de venda nas lojas de tinta. Com isso todos os projetos seguiam uma mesma linha: piso, portas e paredes em cores claras, e as cores mais vivas e vibrantes estavam nos objetos decorativos e almofadas. De fato, ainda hoje, essa é uma receita que dá certo quando você não está disposto a ousar muito, ou prefere ambientes mais claros e básicos. 

Entretanto, estamos em um momento em que os profissionais da área da arquitetura estão trazendo mais a personalidade do cliente para os projetos, e com isso o uso criativo e criterioso das cores é fundamental. A forma mais simples, rápida e barata de mudar as cores das paredes da sua casa é a pintura. Além de ser um material acessível, a tinta possibilita que você mesmo faça essa mini reforma em casa—dependendo do acabamento desejado. 

Selecionamos 25 ideias para você se inspirar e deixar as paredes da sua casa mais colorida!

Efeito lúdico e colorido gera profundidade

As paredes que receberam cor nesta sala foram estrategicamente pensadas. Apesar de a maioria das paredes serem brancas, os quadros e as faixas coloridas deixam o ambiente muito divertido e dinâmico 

Este recuo na alvenaria foi aproveitado para abrigar uma pequena bancada de home office, e a cor azul foi escolhida para demarcar esse espaço. Já o corredor está demarcado pela cor rosa. Perceba que as duas cores se complementam, e que o fato de terem sido usadas nas paredes e no teto criam um efeito de caixa—que gera uma sensação de acolhimento e limita bem os espaços visualmente.

Pintura de meia parede

Esse efeito contemporâneo está sendo cada vez mais utilizado e, se aplicado corretamente, pode gerar uma sensação de aumento e diminuição da altura do pé direito de um espaço. 

Você pode alinhar a pintura com a altura da porta, com um móvel (como nesta imagem), ou usar uma altura de 1,10m—altura padrão dos interruptores.

Parede e piso da mesma cor

Neste caso a cor da tinta aplicada na parede e no piso são as mesmas, mas o acabamento não. Quando for comprar os materiais, explique para o vendedor da loja de tintas que você precisa chegar na mesma cor e no mesmo tom, mas que precisa de tinta piso. Essa tinta é específica para aplicação no piso e tem propriedades que garantem que a superfície não fique escorregadia. 

Essa opção funciona muito bem para pisos que tem acabamento bruto, e não receberam cerâmica, ou qualquer outro revestimento.

Parede e teto da mesma cor

Essa técnica é muito usada para criar um efeito de continuidade e aconchego. É importante identificar quais são os elementos do espaço que você gostaria de destacar, e garantir que eles fiquem embaixo da faixa pintada no teto. Neste caso, a faixa amarela no teto serviu para abrigar e destacar o berço e a cadeira de amamentação.

Bloco de cor

Também chamado de color block, essa estratégia deixa o espaço super lúdico e moderno. Além de pintar a parede, você precisa garantir que todos os elementos que estejam fixados ou próximos a ela sejam da mesma cor, e preferencialmente do mesmo tom. Neste caso o quadro e os elementos de marcenaria foram todos planejados na cor azul.

Composição geométrica

Essa pintura deixa o ambiente muito moderno, e é muito simples de fazer. Você vai precisar escolher uma ou mais cores que combinem entre si, além de fita adesiva do tipo crepe—para não estragar a pintura quando for retirar. Crie o desenho na parede e pinte uma cor de cada vez. O legal é criar essa brincadeira entre a pintura e os elementos que estão fixados nas paredes para gerar uma sensação de movimento.

Composição geométrica com linhas

A técnica usada neste ambiente segue a mesma linha da referência anterior. A diferença é que foi aproveitada a cor branca que ficou no fundo da parede quando as fitas foram descoladas, e estas linhas foram incorporadas ao desenho final. Com poucos recursos e muita criatividade, as paredes deste quarto infantil ficaram com um efeito 3D incrível.

Pintura com acabamento de cimento queimado

Recentemente várias marcas brasileiras de tintas lançaram no mercado alguns acabamentos diferenciados como esse, que imita o efeito de cimento queimado na parede. Esse acabamento exige um pouco mais de técnica, e às vezes vale o investimento de contratar um pintor para garantir um bom resultado final. 

Usar uma cor mais vibrante em outras paredes e móveis com acabamento amadeirados, garante que o ambiente não fique frio e triste.

Pintura com acabamento de aço corten

Assim como na referência anterior, também estão disponíveis no mercado tintas que imitam o efeito do aço corten—um aço patinável.

A tendência dos tons terrosos

Os tons terrosos invadiram as paredes das mostras de decoração do Brasil e do mundo desde o ano passado. Esses tons são indicados para quem não quer arriscar uma cor muito vibrante na parede de casa e prefere tons mais sóbrios. Uma ótima dica é combinar essas cores com elementos naturais, estampas e motivos que remetem à exuberância da cultura e da natureza brasileira. Neste caso o marrom de uma das paredes contrasta bem com o rodapé e o forro branco.

Combinação de tons terrosos

Não tenha receio de misturar vários tons de uma mesma paleta de cores, especialmente se forem tons terrosos! Essa sala de leitura prova que a combinação harmônica das cores pode deixar o ambiente aconchegante, elegante e nada cansativo.

A perfeita combinação: azul e materiais naturais

A cor azul usada nas paredes e no estofado deixou este espaço muito leve e alto astral. Essa combinação é perfeita para uma casa de praia, ou para famílias que gostam da energia do mar e do ambiente litorâneo. Perceba que a pedra natural do piso, a parede construída com elementos vazados e o forro de palha reforçam essa atmosfera.

Paredes vermelhas que dão certo

É necessário usar a cor vermelha na decoração com cautela, mas isso não quer dizer que é necessário deixá-la de lado. O vermelho é cheio de personalidade, intensidade e agito, e é usado para despertar sensações fortes nas pessoas que usam o espaço. Na cozinha e na sala de jantar, a cor vermelha incentiva o apetite e a conversa. Porém, se utilizada na medida e nos ambientes certos, o vermelho pode ser um estimulante, como é o caso desta sala. A parede vermelha construída com elementos vazados foi uma ótima escolha, pois garantiu permeabilidade visual e não tornou o espaço cansativo.

A cor coringa: azul esverdeado

Essa é uma cor que não sai de moda e combina com muitos materiais e estilos diferentes. Se você está em dúvida de qual cor cor pintar suas paredes, essa é uma opção a ser considerada. Além de tudo, a cor é perfeita para espaços de estar e descanso, pois tende a trazer tranquilidade e equilíbrio se usada em tons claros ou médios.

Paredes em tons pastel

Mesmo para quem prefere os tons claros, as paredes podem ser coloridas sim. Procure pelas cartelas de tons pastel. 

O pastel, que originou o nome desta paleta de cores, é uma espécie de giz que não deixa a cor muito intensa. Estas cores são sempre mais suaves e fracas, e quando usadas na decoração criam uma atmosfera mais delicada. São ótimas para decorar salas pequenas.

A exuberância do verde

Uma parede verde em casa remete à alegria e leveza, e é uma ótima opção na hora de renovar as energias dos ambientes. O verde combina muito bem com tecidos estampados e móveis de madeira para ressaltar a exuberância desta cor.

A elegância da cor azul petróleo

Para fugir um pouco do cinza, que é atual cor coringa da decoração, aposte no azul petróleo para pintar a sua parede que está meio sem cor. Se combinada com peças e elementos metálicos, como é o caso do vaso desta imagem, esta cor traz elegância para o ambiente.

Um quarto com paredes de duas cores diferentes

Mesmo cores vibrantes podem coexistir em um mesmo ambiente, desde que estejam em sintonia. Este quarto com paredes verdes e azuis, que são cores simples e limpas, prova que mesmo ambientes pequenos podem receber paredes coloridas, inclusive com mais de uma cor.

Parede de lousa

Este acabamento já está presente na casa de muitas pessoas, desde quartos infantis até salas e cozinhas. Geralmente a tinta tipo lousa é usada na cor preta, mas ela também existe na tradicional cor verde e traz um ar mais lúdico e divertido para o ambiente—já que permite desenhos e escritas.

Acabamento de cortiça

Além da tinta, existem outros acabamentos simples que podem ser aplicados nas paredes para deixá-las mais coloridas. A cortiça não é um material muito colorido, mas permite que você fixe fotos, imagens e lembranças com alfinetes, o que traz cor, personalidade e descontração para o ambiente.

Memórias afetivas na parede

Esta ideia é simples e incrível, principalmente para espaços pequenos. São três soluções em uma: você decora a sala, têm um lugar para guardar os mapas e cartões postais de viagem, e garante muita personalidade para as paredes da sala.

Painel cerâmico colorido

Os painéis com peças cerâmicas ou os mosaicos são uma solução interessante para quem está buscando um material alternativo à tinta. Você pode definir uma paleta de cores e trabalhar com peças nesses tons, como é o caso desta referência. A sala de jantar que antes era neutra, ganhou personalidade e estilo com o painel que se tornou praticamente uma obra de arte no ambiente.

Azulejos modernos

A moda dos azulejos voltou e tem muitas empresas brasileiras fazendo uma releitura dessas peças, com ar retrô e um processo produtivo artesanal. É importante destacar que os azulejos podem ser aplicados tanto em paredes pintadas quanto por cima de outros revestimentos cerâmicos. Além disso, as formas geométricas permitem brincar com a paginação e resultam em painéis com muito movimento.

A cor fica por conta dos quadros

Às vezes os espaços são pequenos e já tem muitos elementos e materiais, mas nem por isso as paredes precisam ficar apagadas. Opte por usar bastante branco, cinza e tons terrosos, e deixe que o colorido das paredes fique por conta de quadros multicoloridos.

Papel de parede

Para dar personalidade à esta sala, bastou o papel de parede. Esta é uma alternativa com custo um pouco mais elevado se comparado à tinta, mas permite estampas e padronagens. Além disso, é uma solução rápida e limpa, e que pode se trocada de tempos em tempos. Caso esteja avaliando esta opção, pesquise também por tecidos que podem ser aplicados na parede ou adesivos, que criam efeitos muito semelhantes.

Modern Houses by Casas inHAUS Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!