Cor Cinza: ideias para as paredes e móveis

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Cor Cinza: ideias para as paredes e móveis

Sílvia Cardoso—homify Sílvia Cardoso—homify
Modern Living Room by CASA MARQUES INTERIORES Modern
Loading admin actions …

Hoje, debruçamo-nos sobre o cinza. Perdão, sobre o cinza pérola. Trata-se de uma cor elegante, versátil e intemporal que é transversal a todos os estilos e que pode surgir aplicada nas paredes, nos móveis, nas peças de decoração, nos têxteis, e assim por diante. Na verdade, não conhece limites. O cinza pérola gera ambientes plenos de paz, de tranquilidade, que envolvem e convidam ao relaxamento. Prova disso são imagens que ilustram este livro de ideias, todas elas de projectos portugueses. 

Vamos mostrar-lhe como pode levar esta cor para a sua casa. O que será melhor para o seu espaço? Apostar no cinza pérola em várias tonalidades e criar camadas? Pintar só uma parede para introduzir um contraste no ambiente? Deixar as paredes e reservar o cinza aos móveis e aos objectos de decoração? Temos sugestões para todos os gostos. Veja-as com atenção e leve esta cor tão especial e elegante para a sua casa.  

Três tons de cinza pérola

1. Cinza pérola escuro

Como lhe dizíamos na introdução, esta é uma cor que não conhece limites. Harmoniza-se com espaços modernos, industriais, minimalistas, neoclássicos ou escandinavos e assenta bem em divisões exíguas ou amplas. Quando escolhemos uma cor, temos que ter sempre em conta o nosso gosto pessoal, as peças que já existem no espaço e a luz natural que entra nele. Há cores difíceis de trabalhar e depois há o cinza que é ainda mais versátil que alguns tons neutros como o bege. Diríamos, assim, que é um recurso estilístico a ter à mão. Não é, aliás, por acaso que o cinza—pérola e não só—se tornou uma cor tendência, aparecendo amiúde em várias propostas de interiores. 

Começamos por uma tonalidade mais escura e, de seguida, mostramos-lhe como a pode usar. 

Tons de cinza diferentes e apontamentos em rosa

Há não muito tempo atrás, seria impensável pensar numa sala ou em qualquer outra divisão em cinza total. Os neutros mais populares eram o bege e o castanho e o cinza era visto como uma cor demasiado fria. Hoje, pelo contrário, o cinza é aquela cor que empresta sofisticação e serenidade aos espaços e que pode ser conciliado com qualquer outra tom mais vibrante. 

Esta sala de estar é um óptimo exemplo de como se pode usar o cinzento na decoração. Os profissionais responsáveis pelo projecto optaram por criar várias camadas cinza pérola que aparece num registo mais escuro nas paredes e no sofá e mais claro nas poltronas e mesas. O branco e o preto contrastam com o cinza. Vêm intervalá-lo e pô-lo em evidência pelo contraste que geram. Lembramos-lhe que, quando se trabalha uma divisão só com uma cor, devem-se recorrer a várias texturas para evitar um resultado monótono e sem profundidade.

O remate na decoração são as flores cor-de-rosa, uma excelente forma de dar um toque romântico e divertido a esta paleta cromática neutra.

Numa parede apenas

Não se identifica com espaços em cinza total? Aqui tem outra ideia. Neste quarto de estilo neoclássico, o cinza pérola aparece apenas numa parede: a que está por detrás da cama. Se optar por pintar apenas uma parede, então escolha uma que tenha destaque dentro da divisão em causa. No quarto, pode ser a parede que está por detrás da cama. Na sala de estar, a parede por detrás do sofá ou do móvel de televisão podem ser as privilegiadas. A ideia é que, ao entrar no espaço, o olhar recaia de imediato sobre essa parede que funciona como ponto focal. Vale ainda realçar que, neste projecto, o cinza repete-se nas almofadas e foi combinado com prateado que, na verdade, é como que um cinza vaidoso.

Nos móveis

Se não está a pensar andar com pinturas, então pode sempre incorporar o cinza através dos móveis. Este sofá, por exemplo, com linhas modernas, complementa na perfeição esta sala de estar, também ela moderna. Os tecidos aveludados e sumptuosos em cinza são particularmente marcantes. Aqui, a cor surge complementada pelo azul petróleo, um tom saturado e moderno.  

2. Cinza pérola claro

Se tem um espaço pequeno, mas se quer esquivar do clássico branco—que é tão usado em áreas pequenas -, considere o cinza pérola claro que é, igualmente, luminoso. Esta cor é capaz de criar uma atmosfera arejada, celestial e leve sem comprometer a percepção de espaço. Pelo contrário, o cinza claro, tal como o branco, tem o poder de fazer com que os espaços pareçam maiores do que realmente são. Vamos ver como pode ser usado. 

Cinza claro com toques quentes de madeira

Para um resultado mais acolhedor, conjugue este tom claro de cinza com outros tons mais escuros e quentes como o preto e o castanho da madeira. Foi precisamente o que se idealizou para esta sala de estar que exibe um conjunto dinâmico, super moderno e, acima de tudo, muito convidativo. O cinza pérola claro—presente nas principais superfícies e nos sofás—abre o espaço e dialoga com a madeira, os apontamentos em preto e a luz âmbar que parte da iluminação embutida.

Um espaço que é pura elegância. Não acha? 

Oásis de descanso

O cinza pérola num registo mais claro beneficia particularmente os quartos que são os espaços de descanso por excelência. Esta cor transmite uma inesgotável sensação de calma, o que pode contribuir consideravelmente para boas noites de sonho e, por conseguinte, para dias com mais energia. É incrível pensar na influência que a nossa casa tem na nossa vida e bem-estar. Não é? Neste quarto, sobressai o entendimento entre o cinza claro com os tons prateados e com o dourado do candeeiro de tecto, uma peça icónica que concentra a atenção de quem para ela olha. Uma nota curiosa é o facto de se ter mantido a parede branca com excepção do nicho contra o qual a cama encaixa. Se tem nichos em casa, deixe esta ideia inspirá-lo. 

3. Cinza pérola num tom intermédio

A meio caminho entre os tons que acima lhe mostrámos, está este tom intermédio, ideal para quem não se quer comprometer com um tom muito escuro, mas que quer uma cor mais impactante que a anterior. Esta tonalidade faz a transição entre as anteriores e, como já vimos, pode coexistir num espaço com elas. 

Na casa de banho

Nós dissemos-lhe que era uma cor transversal a vários estilos e que pode ser usada em qualquer divisão da casa. Deixamos-lhe aqui o exemplo da casa de banho. Uma das tendências mais marcantes para casas de banho este ano é a opção por revestir a ladrilho hidráulico o chão ou a parede adjacente à cabine de duche ou banheira. O projecto da casa de banho da imagem é disso bom exemplo. A cabine de duche aparece circunscrita por uma superfície envidraçada que deixa ver o ladrilho hidráulico escolhido para cobrir a parede. O cinza foi a cor eleita e cria aqui um contraste que eleva o espaço do ponto de vista estético. A madeira com um acabamento tosco contrasta com a sofisticação da cerâmica e proporciona conforto ao espaço. 

Na cozinha

Terminamos com uma cozinha cinza que se abre para a sala de jantar e sala de estar numa lógica de open space. Esta cor garante à cozinha uma essência sofisticada e, por ser neutra, permite que se façam diferentes jogos cromáticos na decoração sala de estar e de jantar. 

Modern Houses by Casas inHAUS Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!