Bancada de granito para a cozinha: uma escolha sempre popular!

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Bancada de granito para a cozinha: uma escolha sempre popular!

Sílvia Cardoso—homify Sílvia Cardoso—homify
by homify Classic
Loading admin actions …

cozinha assume, hoje em dia, um papel preponderante dentro da casa. Já não é vista apenas como um espaço de preparação de alimentos ou de refeições, mas também enquanto área social e de convívio. Neste sentido, importa que a divisão ofereça conforto, beleza e funcionalidade.

A funcionalidade está, entre outras coisas, associada aos acabamentos. Há materiais bonitos, mas cujo uso não é de todo recomendável num espaço com a natureza da cozinha. Trata-se de um ambiente húmido, por vezes muito quente, na maior parte das vezes de uso diário e, claro está, onde depressa se geram manchas ou marcas provocadas pelos alimentos e pelos utensílios, respectivamente. Depois, há materiais que estão sempre entre as escolhas mais populares como a cerâmica, o mármore, os laminados, a madeira (devidamente tratada), o betão e, claro está, o granito.

É sobre o granito que hoje lhe vamos escrever. Sabe que tipos de granito existem? Está ao corrente das vantagens e das desvantagens deste material? E como se deve limpá-lo? Respondemos a estas e a outras questões no texto.

Acompanhe-nos.

​1. Tipos de granito

Boulder Kitchen by Studio Design LLC Classic
Studio Design LLC

Boulder Kitchen

Studio Design LLC

Dentro dos tipos de granito disponíveis no mercado destacam-se três: o granito em laje, o granito em mosaico e o granito modular.

O granito em laje é um dos mais elegantes e, por isso mesmo, um dos mais utilizados. Este tipo de pedra é fabricado e personalizado em fábrica para depois ser instalado no espaço desejado. É bastante pesado e o seu trabalho é de difícil execução, sendo o estilo de granito mais caro do mercado. Apesar do custo e do peso, vale a pena tê-lo em casa, mas, não se esqueça, deve contratar um profissional especializado para o instalar de forma correcta.

O granito em mosaico é mais acessível do que o anterior. Ainda assim estamos a falar de uma pedra de alta qualidade que oferecerá um ar refinado à sua cozinha a um custo menor. A desvantagem está na maior dificuldade de limpeza, fruto da sua textura menos uniforme, o que obrigará a um maior esforço de manutenção.

O granito modular é, como o próprio nome indica, produzido em módulos. Assim sendo, a construção de uma bancada de cozinha neste tipo de pedra é feita a partir de peças de granito pré-cortadas. Este tipo de granito está disponível em diferentes tamanhos e tons e surge como uma boa opção para equipar uma cozinha convencional. O seu preço é intermédio e há ainda a vantagem de a instalação poder ser feita sem ter que se recorrer a profissionais especializados.

​2. Vantagens e desvantagens

O balcão é um dos volumes mais importantes e de maior destaque em qualquer cozinha, não só pelo aspecto, que toma conta de boa parte da decoração, mas também por ser uma superfície de trabalho importante. A sua utilização e relevância fazem com que seja fundamental pensar no balcão da cozinha em termos estéticos e no que toca à funcionalidade. Para preparar os alimentos, precisamos de algo que seja resistente, fácil de limpar, durável e agradável à vista.

A pedra natural, neste caso o granito, está quase sempre entre o leque de escolhas. Trata-se de um material que apresenta uma estética apurada, que se adapta a qualquer estilo e que empresta um aspecto elegante ao espaço da cozinha. Ao mesmo tempo, uma zona de trabalho em granito garante-lhe máxima segurança e resistência à água, ao fogo ou calor, a arranhões, a manchas e ao desgaste natural que surge como consequência do passar do tempo.

Para além destas vantagens, este tipo de pedra está disponível no mercado em inúmeros tons, pelo que é fácil encontrar a que melhor condiz com os armários da cozinha, os pavimentos e as paredes. No mais, o granito é fácil de limpar, o que nos faz olhar para ele com ainda mais interesse. Na verdade, o granito, uma vez que não mancha com facilidade, também não levanta grandes dificuldades no que toca a manutenção.

O preço é outro factor atraente para quem decide utilizar granito. Se há uns anos, fruto da sua raridade, este era um material apontado especialmente aos ricos, hoje em dia é distribuído por um maior número de fornecedores de pedra fazem dele cada vez mais acessível e comum.

Como não há bela sem senão, também aqui não podemos deixar de apontar as principais desvantagens da utilização do granito como material de referência na cozinha.

Apesar da inegável durabilidade inerente a este material, os produtos químicos e demasiado abrasivos podem danificá-lo, pelo que não devem ser usados. 

As características naturais desta pedra podem constituir uma desvantagem se a sua ideia passar por criar uma superfície totalmente uniforme em termos visuais.

O peso do material obriga à existência de uma estrutura de suporte adicional, especialmente se a superfície for muito extensa.

Apesar da sua simplicidade e facilidade de manutenção, o granito deve ser aplicado por profissionais especializados. A instalação, assim como a preparação do material, requer equipamento e competências especiais que irão aumentar o preço final do projecto.

​3. Limpeza de um balcão de granito

O granito é um material natural que traz muitas vantagens à sua cozinha, mas para que possa usufruir em pleno das suas características e da sua beleza, é fundamental que seja cuidadoso na manutenção e limpeza. 

Esta pedra deve ser regularmente limpa com um pano de microfibra. Utilize uma pequena quantidade de água e proceda à limpeza após a preparação de cada refeição. Além deste processo diário, aplique regularmente um produto próprio para a limpeza de granito, mas certifique-se de que o mesmo não contém vinagre, pois o ácido desgasta e degrada a pedra. Assim sendo, procure produtos que sejam pouco abrasivos e, antes de os utilizar em toda a superfície, faça um teste para verificar a existência de possíveis reacções adversas.

Para proteger o granito e preservar o seu brilho, pode criar um produto natural bastante eficaz. Use uma mistura de sabão não ácido e água morna. Esfregue no granito e, em vez de o lavar, remova a mistura apenas com um pano limpo e seco.

​4. Diferença entre o granito e o mármore

Não raras são as pessoas que confundem o granito com o mármore quando, na verdade, estas rochas não podiam ser mais distintas na sua formação, na durabilidade e no impacto que podem ter no espaço da nossa casa.

O granito é uma rocha de aparência granular que se forma no interior terrestre a partir de minerais cristalizados, composta essencialmente por quartzo, mica e feldspato. É uma pedra durável e resistente  a “agressões” que não se desgasta facilmente com o uso diário, assumindo-se, por isso mesmo, como uma excelente opção para cozinhas.   

Por sua vez, o mármore, é uma rocha que tem origem no calcário metamorfoseado a altas temperaturas e pressões, apresentando cores e texturas diferentes de acordo com o grau de metamorfose e a composição química dos minerais que a compõem. Ao contrário do granito, o mármore apresenta uma menor capacidade de resistência e durabilidade, o que obriga a um maior cuidado e esforço de manutenção, de forma a não comprometer a aparência original. Ainda assim, é vista como uma pedra nobre e luxuosa.

​5. Preços e profissionais

O preço do granito pode variar bastante de acordo com a sua raridade, composição, espessura e até fornecedor, sendo por isso difícil apontar um valor de referência. Ainda assim, cabe dizer que o granito preto e branco obriga a um maior investimento, enquanto o granito cinza é mais acessível e, ainda, e como mera aproximação, que o granito nacional poderá andar entre os 90€/150€ m² e o importado a 350€ m²

Se precisa de ajuda para planear a sua cozinha, contrate um designer de cozinhas. Para afunilar a sua pesquisa, insira o seu código postal ou nome da área servida. 

Recomendado:

8 materiais para mudar a bancada da sua cozinha

Modern Houses by Casas inHAUS Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!