Um paraíso alentejano | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3654:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Um paraíso alentejano

Mariana Caldeira Mariana Caldeira
Country style garden by A.P.E.L Country
Loading admin actions …

O Alentejo é uma das regiões mais belas de Portugal. Desenvolvendo-se a partir do Rio Tejo, o sul do nosso país é marcado pelas planícies de perder a vista acompanhadas de sobreiros e oliveiras que resistem ao tempo. Estas paisagens magníficas deram origem a uma arquitetura tradicional desta zona, altamente reconhecível graças as suas características singulares. Seguindo a horizontalidade dos terrenos do alentejanos, a casa do sul é caracterizada por construções modestas de um único piso caiadas e branco e com alguns detalhes em cor.

É neste contexto que hoje a Homify 360º lhe traz um projeto dedicado aos amantes da arquitetura tradicional portuguesa. Um trabalho de reabilitação que prescindiu de qualquer protagonismo procurando apenas complementar a beleza de um espaços existente, preservando a sua identidade histórica.

A empresa responsável pela intervenção foi fundada em 1985 e tem desenvolvido ao longo dos últimos trinta anos todo o tipo de projetos relacionados com arquitetura. Liderada pelo arquiteto Ginestal Machado, a equipa APEL Arquitectura é hoje composta por uma equipa multidisciplinar capaz de dar respostas excepcionais aos mais variados desafios. Venha connosco e fique a conhecer um projeto alentejano que, certamente, não o irá desiludir.

Contexto

Situada no concelho da Vidigueira, a 9 km da barragem do Alqueva, a herdade intervencionada encontra-se limitada a norte pela Serra do Mendro, pelo Rio Guadiana a leste e a sul por uma enorme planície que garante vistas fantásticas ao edificado. Denominada de Herdade do Sobroso, o local é composto por cerca de 1600 hectares que combinam a fruição de um espaço natural com a produção de vinho.

Programa e intervenção

É neste local harmonioso que surgiu a oportunidade de especializar também esta área no turismo rural, cinegético e enoturismo. Tirando partido do potencial estético da arquitetura, pretendia-se dar uma nova vida ao espaço potenciando o dinamismo da região.

Dado o contexto, despoletado pela vontade criar um local turístico, os arquitetos desenvolveram uma intervenção de restauro, ampliação e remodelação das construções em ruínas de modo a acomodarem as novas funções. Neste sentido, a proposta caracteriza-se pela tentativa de dar continuidade à linguagem arquitectónica da região.

Piscina

De modo a complementar as novas valências da Herdade do Sobroso, a equipa APEL Arquitectura, optou por integrar uma piscina onde é possível desfrutar do sol alentejano. Num desenho simples e minimalistas, a piscina debruça-se sobre a paisagem envolvente criado uma espécie de imagem de precipicio sobre a natureza. O desenho contemporâneo deste elemento é contraposto pela integração de passadiços de madeira que lhe conferem uma dimensão tradicional.

Exteriores

Uma das características preponderantes do projeto é, sem dúvida, a importância dada aos espaços exteriores que envolvem a construção e pontuam a herdade. Além do alpendre que delimita a construção e proporciona uma local único de convívio, foram ainda integrados novos espaços especialmente desenhados para desfrutar da paisagem alentejana numa atmosfera única para conviver.

Interiores

No interior, a escolha de materiais e decoração foi bastante diversificada criando um conjunto harmonioso. Os tons claros adoptados nas paredes são contrapostos pelo tecto e pavimento em mosaicos mais escuros. A decoração é composta por objetos de design diversificado capazes de criar um conjunto eclético e equilibrado.

Quartos

Nos quartos a utilização abundante de tons claros é pontuada pela introdução de alguns elementos em cores mais fortes. Apesar de se privilegiar em todos os espaços o estabelecimento de um diálogo com o exterior, foram introduzidos vários elementos capazes de controlar o nível de iluminação criando as condições ideais para relaxar.

Tradicional

A qualidade desta intervenção reside na tentativa de complementar apenas as características essenciais do lugar. Tirando partido das características geográficas que envolvem a construção, desenvolveu-se uma intervenção praticamente envolvida. A forma como se deu continuidade à arquitetura tradicional alentejana prescindindo do protagonismo de uma intervenção contemporânea, só pode resultar de um trabalho de análise e sintetização excepcional.

Modern Houses by Casas inHAUS Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!